Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Festival da Sapateira de Santa Cruz

por twin_mummy, em 25.10.16

Não sei se já perceberam (sou bastante discreta), mas sou apreciadora de bons petiscos. Por isso este ano não resisti e combinámos ir com uns amigos ao Festival da Sapateira de Santa Cruz.

GOPR1068.JPG

Por recomendação de um outro amigo liguei para o Restaurante O Navio, na Praia do Navio, e foi com um misto de desilusão e esperança que me explicaram que já não haveria mesas vagas para o último fim de semana do Festival mas que, à semelhança de anos anteriores, tinham decidido prolongar o evento por mais uma semana, de forma a dar resposta a todas as solicitações. O preço, apesar de proibitivo para o nível de vida actual, não deixa de ser atractivo para um dia especial, e pensar que por €16,50 se pode comer toda a sapateira que quisermos é uma enorme tentação.

 

GOPR1094.JPG

E assim nos pusemos a caminho num Sábado em que prometiam chuvas torrenciais e ventos fortes. E assim foi em Lisboa, mas felizmente o sol fez-nos companhia por todo o trajecto até Santa Cruz, mesmo que a espreitar por entre as nuvens. E à chegada ao Restaurante era este o cenário que se via da janela. Nada mau para um dia de tempestade...

 

Confesso que ainda pensámos que num restaurante à beira mar seria essencial o tempo seco, mas a verdade é que o espaço interior é agradável e a vista mesmo com chuva de certeza que não gera muita reclamação.

GOPR1091.JPG

E como estamos entretidos com as sapateiras e as conversas acho que nem que chovesse torrencialmente a malta reparava.

GOPR1095.JPG

Pessoalmente, fiquei de olhar fixo na salamandra de formato original, a lembrar uma escotilha de um navio. Estou a pensar encomendar uma uma, um dia destes, para colocar no meu novo T4 que vou comprar com o dinheiro do Euromilhões que hei-de ganhar. Que acham?

 

Para quem pensar -como eu- que nestas coisas dos Festivais a comida é escassa e vem a conta-gotas garanto que a nossa experiência não foi nada assim. Fica aqui uma foto da primeira travessa que serviram. A abrir as hostilidades trazem uma sapateira por pessoa.

GOPR1097.JPG

 

O tamanho das ditas é generoso, o recheio bem confeccionado (se bem que prefiro a minha versão). O pão torrado e as tostas complementa o conjunto, e cerveja -para os que gostam, que não eu- não pode também deixar de faltar. O normal.

 

De resto, e porque nem todos os elementos do grupo eram apreciadores da dita, acabémos por dar uma olhadela ao menu. Tem bastante variedade, mas durante o Festival a escolha é reduzida de forma a dar vazão à cozinha. Acabámos por pedir uma açorda de gambas e -pasme-se!- um bitoque para o meu filho que estava ainda com fome depois de comer umas 6 patas de sapateira e um número incerto de tostas com recheio, e inistia que queria 'Outra coisinha'.

GOPR1102.JPG

Como podem ver pela imagem a 'coisinha' tinha bom ar, servida num prato original e com um agradável acompanhamento de frutas. O 'mãozinhas de esquilo' insistiu em dar o único figo à mana, que de ar meloso ainda o conseguiu convencer a dar mais uma frutinha. Infelizmente aqui acho que o Restaurante O Navio falha um pouco já que o bitoque é frito -e bem frito, dada a quantidade de óleo que fica no prato.

 

Talvez seja o preço a pagar por pedir carne num restaurante especializado em marisco e peixe, mas mesmo assim, tendo em conta os preços acima da média e as críticas online esperava um pouco mais.

 

Quanto às sobremesas nem todos quiseram, mas as que vieram para a mesa eram boas. Melhor ainda que a comida é sair para este cenário...

GOPR1050.JPG

E se houve quem ainda hesitou em por os pés na areia molhada, quando olhei para o lado estes dois já iam longe...

GOPR1059.JPG

Mas não nos ficámos por aqui. A aproveitar o sol que espreitava por entre as nuvens voltámos a pegar no carro para passear na estrada paralela às praias e alcançar aquela que nos pareceu mais resguardada do vento, graças à duna do lado direito, que permitiu também entreter os mabecos uma boa meia hora. 

GOPR1164 (2).JPG

 

O resto da tarde foi passado na casa desses nossos amigos, em Santa Cruz. Desde o ar que se respira até ao sol que nos acaricia a pele, tudo ajuda a recarregar baterias.

GOPR1179.JPG

 Confesso que já há muito não ia a Santa Cruz... prometo que em breve voltarei!

 

As imagens utilizadas neste blog são na sua maioria de autoria própria ou de amigos e familiares, com o devido consentimento. A autoria daquelas que são retiradas da internet será indicada sempre que seja possível fazê-lo de forma inequívoca, mas mesmo assim poderão ser removidas caso o autor o entenda, bastando para tal contactar-me para o e-mail aqui indicado.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



O MEU E-MAIL

mail.twinmummy@gmail.com Enviem perguntas, sugestões, ou simplesmente digam olá!

A MINHA PÁGINA DO FACEBOOK

https://www.facebook.com/TwinMummyblog