Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Preparativos para o carnaval

por twin_mummy, em 24.02.14

Sim, o carnaval está quase a chegar. E com ele um consumismo desmesurado que acabou por adulterar tudo o que de tradicional e familiar esta quadra tinha.

 

Recordo-me de ser pequenina e ver a minha avó costurar as nossas máscaras de carnaval. Não eram destas em tecidos berrantes com penas e lantejoulas, mas eram os tradicionais e realistas fatos de varina, de princesa, ou até de capuchinho vermelho, mas com aqueles tecidos com diferentes texturas que pareciam usáveis e ajudavam a encarnar o papel.

 

Era também a única altura do ano em que a minha mãe me deixava usar maquilhagem. E nessa campo confesso que até tremi quando a minha filha aqui há tempos, ainda sem os 3 anos completados, veio pedir-me para pôr verniz porque uma coleguinha da turma tinha. MEDO! Não é medo que cresça... é apenas que não aproveite a infância pela ânsia de crescer...

 

Mas voltando à temática dos fatos cá por casa também procuramos ser um pouco mais originais do que simplesmente chegar a uma loja e retirar um fato de lantejoulas de entre um varão onde se acotovelam mais 50 fatos iguais (e não me venham dizer que os fatos não se acotovelam porque eu já assisti a uma cena dessas e é de bradar aos céus de tamanha violência). Claro que a vida já não é como era antigamente e o meu jeito para costura ficou-se por pregar botões, fazer bainhas, e algumas lições de bordado inglês à máquina com a minha querida avó Vitória que insistia 'Não é assim, filha!' até eu achar que não tinha jeito. Mas mesmo que houvesse tempo e conhecimento nem sequer tenho máquina nem sítio para a por, e por isso acabamos por fazer apenas alguns acessórios.

 

Este ano mais do que fazer, resolvemos reciclar aquele que no ano passado foi o capacete do Buzz Lighthyear. Comprado já em segunda mão, num tom azul de meter dó, acabou por ficar assim depois de passar pelas 'manitas de plata' (como ele gosta de lhes chamar e eu concordo para o fazer feliz) do co-irresponsável.

 

 

 Este ano, como o fato é do Faísca McQueen decidimos pintar de vermelho e colar uns autocolantes. Tudo obra do co-irresponsável, que não só pintou como fez, imprimiu, recortou e colou os autocolantes. Eu escrevi McQueen (sim, ele pediu para parecer que eu também estava incluida no trabalho, mas a verdade é que a letra dele é terrível) e coloquei (também sugestão do gajo) o tipo de óleo, à laia de grupo sanguíneo (para quem não percebe a piada todos os pilotos têm à frente do nome o grupo sanguíneo para o caso de haver algum acidente em que precisem de transfusão). E digam lá que não está fabulástico!?

Por isso cá por casa teremos um Ligtning McQueen (ou Faísca) com capacete e tudo, e uma borboleta. E por aí?

O 'Efeito Pastel de Nata'

por twin_mummy, em 19.09.13

A todos os que já viram filmes sobre crianças electrizadas depois de comerem algo com açúcar e que, como eu, acham que aquilo será um exagero... garanto-vos que é real!! E a quem não sabe do que falo basta seguirem o link abaixo para verem um bom exemplo (e já agora aproveitem e vejam o filme completo que é todo ele repleto de bons exemplos...lol).

 

http://www.youtube.com/watch?v=NUFDjrxEKgg&feature=share

 

Ora não sendo eu adepta de encher os miúdos com doces também não sou extremista ao ponto de não os deixar comer. Afinal nós também já fomos crianças e não morremos por causa dos chupas de cereja, das tabletes Regina, nem da arte de mastigar 5 Super Gorila em simultâneo... Aliás, são essas pequenas coisas que dão outro gosto à infância...

 

Por isso costumo deixá-los comer bolachas Maria ou as 'Bolachas do gatinho' (as da marca branca do Jumbo que dão até mais jeito porque vêm em embalagens de 2), e quando me resta um pingo de energia no corpo lá faço um bolinho caseiro. Mas tudo com conta, peso e medida. E talvez por isso, ao olhar para aquele tunel, não antevi que pudesse vir lá um comboio, muito menos um expresso!!

 

Agora imaginem um cenário idílico de final de tarde. O sol a serenar depois de um dia escaldante, os papás bem dispostos, e uma ida a pé à escola para ir buscar os bebés e passear um pouco com eles a aproveitar os ultimos dias de verão (sim, que prometeram que este seria o verão mais frio de que há memória e por isso -porque os senhores da metereologia NUNCA falham- de certeza que na próxima semana, para compensar as temperaturas tórridas que se fazem sentir, irá nevar em Lisboa...ou pior!!). Toca o telefone e é um amigo e colega do co-irresponsável que vem ter connosco por motivos de trabalho mas decide aproveitar para ver os miúdos e estar um pouco com eles.

 

Ida ao parque, e tudo a correr bem, com os miúdos a aventurarem-se no 'escorrega dos crescidos' e eu a esfregar as mãozinhas enquanto penso 'Vão cair na cama que nem tordos'. Mas eis senão quando decidimos ir a uma pastelaria local para que o tal amigo tivesse possibilidade de provar uma das especialidades da zona.

 

-E os meninos o que querem?- pergunto eu longe de imaginar no que me iria meter.

-Pastel de nata com colher!!!! - diz ela.

-Carolina!- pede ele.

******WHAT????******

-Queres o quê, filho??

-Uma Carolina, mamã!

 

E como temos uma vizinha chamada Carolina que frequenta a mesma escolinha ainda pergunto feita tola:

 

-Queres ir brincar com a Carolina?

-Não, mãe! Para comer!!

 

Terror nos momentos seguintes e... PLIM!! Faz-se de repente luz e sugiro:

 

-Será uma Madalena?

-Isso!!

{#emotions_dlg.lol}

E no meio do riso que procuravamos conter lá mando vir a Carolina Madalena para o artista e o natinha com colher para a princesa. Até aqui tudo normal, certo?? Mas os putos nesta idade são manhosos e perante terceiros basta um daqueles olhares ternos -quem já tem mabecos sabe do que falo- e conseguem tudo. E o puto assim que acaba a Carolina Madalena pedincha um natinha a pestanejar.

 

Sim... eu sei que a culpa é inteiramente minha porque deveria ter dito que não. Mesmo porque o 'Efeito Pastel de Nata' já se tinha feito sentir em tempos, mas tanto eu como o co-irresponsável não fizemos uma associação directa. Masssss... ele pestanejou, ok? O puto pestanejou e eu não consegui resistir. Sou uma mãe fraca, sou!! Admito!! Mas acedi APENAS em dar um pastel miniatura. Pois... bastou isso!!

 

Podem não acreditar, mas 5 minutos depois e já a pastelaria era dele. Perto do Pandinha sob o 'Efeito Pastel de Nata' o Flash fica a parecer uma lesma e o Beep Beep uma minhoca. Como diriam no Algarve 'Ahhhh! Puto marafado!!' Parecia o Buzz Lighthyear a querer ir 'Para o infinito e mais além'!! E nós até eramos 3 adultos, a Patapon até estava (mais ou menos) sossegada, e não conseguiamos ter mão nele!

 

Da pastelaria até casa (que serão talvez uns 800m) deve-se ter atirado ao chão 30x, corrido outras tantas, agredido a irmã, saltado, gritado... sei lá! Mesmo sem intencionalidade alguma dei por mim a afastar-me dele e, de mão dada com a princesa, a olhar meio de lado com o mesmo ar abismado dos transeuntes, que pareciam achar exagerado um miúdo daquela idade ser transportado qual saco de batatas. Mas foi a única solução que o co-irresponsável encontrou para trazer o mabequinho com um mínimo de segurança (estavamos com imenso medo que corresse de repente para a estrada) e boa disposição, porque se simplesmente lhe dessemos a mão e o tentássemos conduzir a casa ele armava um basqueiro.

 

E aquele coitado daquele rapaz, que ingénuamente decidiu vir ter connosco naquele dia fatídico, deve ter saído daqui com alergia a crianças. Mas juro - Filipe se me estás a ler é verdade!!!- os meus filhos NÃO SÃO ASSIM!! Foi o 'Efeito Pastel de Nata'...

As imagens utilizadas neste blog são na sua maioria de autoria própria ou de amigos e familiares, com o devido consentimento. A autoria daquelas que são retiradas da internet será indicada sempre que seja possível fazê-lo de forma inequívoca, mas mesmo assim poderão ser removidas caso o autor o entenda, bastando para tal contactar-me para o e-mail aqui indicado.


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

calendário

Agosto 2018

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



O MEU E-MAIL

mail.twinmummy@gmail.com Enviem perguntas, sugestões, ou simplesmente digam olá!

A MINHA PÁGINA DO FACEBOOK

https://www.facebook.com/TwinMummyblog